Segunda, 17 de Dezembro de 2018
banner_top_2
Notícias
Portugal Telecom apresenta plano estratégico da Timor Telecom
Sábado, 19 Setembro 2009 23:40

No passado mês de Setembro, o Presidente da Portugal Telecom, Zeinal Bava, deslocou-se a Dili para a apresentação do novo e estratégico plano da Timor Telecom, com o objectvo de dar mais força nos investimentos no sector de telecomunicações em Timor Leste.


Segundo Zeinal Bava, “este plano deifne uma nova etapa e estratégia da empresa, com o desenvolvimento e implementação de novos serviços, soluções de tecnologia, nova marca, que reflecte o compromisso da empresa para com TL”.

Zeinal explica que a PT é o pioneiro da TT nos investimentos de infra-estruturas do sistema de telecomunicações.

“É uma estrutura robusta e diversificada, como operadora activa para a economia de TL, fornece acesso às comunicações e expande com base nos clientes, que até hoje são 220 mil e até ao final do ano serão 300 mil”, continua.

Para Zeinal, as infra-estruturas de telecomunicações neste país vão melhorar através de aumento de cobertura de rede móvel e fixa, expansão do 3G para todas as zonas urbanas, construção de uma cabo submarino que vai ligar TL ao mundo, abertura de lojas e aumento de numero de agentes. O principal objectivo é atingir os 90% da população com acesso à rede telefónica daqui a quatro anos.


Encontro com o Primeiro Ministro Xanana Gusmão

O Presidente da PT acompanhado pelo Administrador Delegado da TT, Manuel Amaro, reuniu-se com o PM Xanana Gusmão e a Ministra das Finanças, Emilia Pires, com vista a apresentação da politica da TT no aumento da cobertura de rede, acesso telefónico nos 13 distritos que irá atingir 90% da população.

“Reunimos com o PM para falar sobre os compromissos da TT na expansão de investimentos em TL, melhorar a cobertura de rede telecomunicações que os clientes merecem obter”, explica Zeinal.

De acordo com o PM e a Ministra Emilia Pires, a politica da criação de lei de liberalização para a entrada de novas companhias de telecomunicações não visa somente a competição directa com a TT, mas responder às preocupações dos clientes e exigências para que o Governo traga novos operadores.

Zeinal Bava está esperançado que “depois de seis ou nove meses, quando voltar a visitar a TL, já haja mudanças e melhorias nas telecomunicações” e que “ o mais importante é que a equipa está a trabalhar e a PT dá todo o seu apoio, para que no futuro a TT possa melhorar a sua imagem”, conclui.

foto_noticias_09_09