Quinta, 16 de Agosto de 2018
banner_top_2
Notícias
Timor Telecom lança equipa de Atletas Elite TT
Domingo, 24 Março 2013 01:19
Presença da Timor Telecom nas modalidades de Atletismo e Ciclismo

Timor Telecom lança equipa de Atletas Elite TT e dá pontapé de saída para ano desportivo de 2013

Numa ação inédita e exclusiva, a Timor Telecom (TT) apresenta a equipa de Atletas Elite TT, um grupo de desportistas constituído pelos melhores e mais promissores atletas timorenses nas modalidades de Atletismo e Ciclismo.

A TT decidiu iniciar este patrocínio estratégico a jovens atletas, com o objetivo de diversificar e consolidar a sua presença na área do desporto, para além do futebol. A equipa Atletas Elite TT conta com Augusto Ramos Soares e Juventina Napoleão, ambos atletas Olímpicos de Maratona no Atletismo, e António Martins, Jacinto Da Costa, José Araújo e Orlando Da Costa, todos atletas da Equipa Nacional de Ciclismo.


Modalidade Elite TT      Atleta Elite TT
Atletismo Augusto Ramos Soares
Juventina Napoleão
Ciclismo António Martins
Jacinto Da Costa
José Araújo
Orlando Da Costa



O Atletas Elite TT é uma sólida equipa de jovens desportistas timorenses, com forte potencial e reconhecidos na cena internacional, a que a TT se associa no âmbito da sua estratégia de apoio àqueles que refletem o talento, a perseverança, a criatividade, a eficácia, o valor e a competitividade. Com esta estratégia, a TT pretende incentivar o desporto a nível nacional, contribuindo para levar também ao Mundo o nome dos melhores, criando uma rede de "embaixadores" da marca que representam as cores de Timor no estrangeiro.
 
Timor Telecom apoia Federação de Futebol de Timor-Leste
Domingo, 24 Março 2013 00:47
Quatro anos de patrocínio às Seleções Nacionais de Futebol

Timor Telecom apoia Federação de Futebol de Timor-Leste

A Timor Telecom (TT), acaba de assinar o contrato de patrocínio à Seleção de Futebol de Timor-Leste, durante os próximos 4 anos. Até fevereiro de 2016, a TT é a patrocinadora oficial da Seleção Nacional.

O patrocínio insere-se numa estratégia consolidada de promoção do país nacionalmente e internacionalmente, e por outro lado, de associar emocionalmente a TT a uma causa que une naturalmente todos os timorenses.

Este patrocínio inclui o apoio às seleções nacionais de futebol de Timor-Leste – Seleção A, Seleção sub-23, sub-21, sub-19, sub-16, sub-14, sub-12, Feminina e Futsal – que irão participar nos próximos anos em diversas competições nacionais e internacionais, sendo de destacar a Liga Nacional de Futebol, Asian Games, Sea Games e o Mundial de Futebol.

Nas palavras do Sr. Presidente da FFTL, Francisco Kalbuadi Lay, e em nome do Comité Executivo da FFTL: “A TT tem-se comprometido a ajudar a sociedade civil, e não apenas para a captura de lucro, mas procurando ajudar o desenvolvimento do desporto, especialmente o futebol, em Timor-Leste, tendo ajudado também a promover o turismo de Timor-Leste para exterior.”

A TT é uma empresa comprometida com o desenvolvimento da sociedade nas suas várias dimensões e ao apoiar a Federação de Futebol de Timor-Leste, cumpre o objetivo de reforçar os valores nacionais, apoiando o Futebol, o desporto Rei de Timor-Leste.

 
TT está mais próxima dos clientes com novo portfolio de tarifários e equipamentos e 18 lojas em todo o país
Domingo, 24 Março 2013 00:18
Dez anos de história e um olhar no futuro…

TT está mais próxima dos clientes com novo portfolio de tarifários e equipamentos e 18 lojas em todo o país

  • Lançamento do primeiro tarifário sem carregamentos obrigatórios;
  • Diversificação e segmentação das opções tarifárias;   
  • Democratização do acesso à Internet em todos os equipamentos;
  • Redução significativa dos preços de planos tarifários pré e pós-pagos;
  • Soluções e serviços mais inovadores;
  • Rede de lojas mais sofisticada e com presença expressiva em todo o país.

Comprometida com o desenvolvimento da sociedade de Timor-Leste nas suas várias dimensões, a Timor Telecom (TT) acaba de lançar o primeiro tarifário sem carregamentos obrigatórios, o Toke Livre, ancorado num portfolio renovado de serviços e equipamentos e numa rede de 18 lojas em todo o território nacional. Com uma oferta global mais diversificada e uma presença mais expressiva em
Timor-Leste, a TT assume um novo posicionamento, canalizando a sua maturidade e a sua experiência organizacional para um grau de proximidade cada vez maior com cada timorense.

Ao nível dos tarifários de voz, a TT integra neste momento a maior oferta de sempre, mais segmentada e adequada às diferentes necessidades de utilização das telecomunicações em Timor-Leste. No novo portfolio da TT destaca-se desde logo o Toke Livre, que não obriga a carregamentos e prevê uma descida acentuada das chamadas sempre que os mesmos se verifiquem (por exemplo, de 15 centavos/min para 9 centavos/min). Orientado para os familiares e amigos, a TT disponibiliza o serviço TT Amigos, com 50% de desconto, após o 1.º minuto, para três números à escolha. A pensar nos mais jovens, a TT lançará em breve o DIAK, um serviço de comunidade que privilegia chamadas, SMS e dados entre clientes com o mesmo tarifário. Também numa lógica de segmento da oferta, será ainda lançado o serviço TT Fun, pacotes de minutos para pré-pagos que servirão de aditivo aos clientes com uma utilização mais intensiva do telemóvel.

Com o objetivo de democratizar o acesso aos dados, a TT permite hoje aos seus clientes ligarem-se à Internet através do telemóvel, com $0,04 por MB por defeito em cada tarifário. Foram inclusive recentemente lançados pacotes de Internet no Telemóvel para pré e pós-pagos (entre 1 e 30USD, com uma validade proporcional entre 2 e 30 dias). Em breve haverá também novidades na oferta de Banda Larga Móvel, com descontos de 50%. Nos equipamentos, sobressai a redução em 45% do valor das placas de Banda Larga Móvel 3G, que passaram de 45 USD para 25 USD.

Adicionalmente, o portfolio da TT apresenta opções mais competitivas, destacando-se nos planos de voz pré-pagos uma descida de quase 60% do valor das chamadas com o mais recente tarifário, o Toke Livre (de 0,21USD para 0,09USD), nos planos pós-pagos uma redução de 45% nas chamadas dentro da rede TT (de 0,18USD para 0,10USD) e, nos SMS, uma descida expressiva do valor (de 0,08USD para 0,06USD, nos pré-pagos, e de 0,07USD para 0,06USD, nos pós-pagos). Encontram-se também na montra de serviços da TT as novas recargas turbo, com 5 e 10 minutos extra de conversação (3 USD e 7 USD, respetivamente).

Para enriquecer o conjunto de serviços inovadores recentemente lançados, com destaque para o Kredit Lai que permite falar num determinado momento mesmo sem saldo e que tem tido muita aceitação no mercado, a TT está empenhada em lançar outras soluções que traduzam uma mais-valia para o cliente. Brevemente, os clientes da TT poderão receber alertas no seu telemóvel com as últimas informações noticiosas e links diretos às redes sociais, em qualquer momento, em qualquer lugar.

A oferta de terminais da TT está também a ser alargada e sofisticada, no sentido de acompanhar as tendências tecnológicas mais vanguardistas. Atualmente, a TT apresenta um portfolio de equipamentos para todos os gostos e níveis de consumo de telecomunicações – alta, média e baixa gamas – entre os quais se incluem desde os telemóveis mais elementares aos smartphones e aos tablets, tais como o iPhone 4, o Samsung Galaxy Note, iPad 3, entre outros.

A diversificação da oferta da TT, está ancorada num pilar fundamental para uma empresa de telecomunicações: a sua rede de distribuição e o nível de relação com o cliente. Ao longo dos últimos meses, a TT inaugurou três lojas em Díli (duas no Timor Plaza e uma no Hotel Timor) e remodelou na capital já as lojas de Audian e de Landmark e as dos distritos de Baucau, Manatuto e Gleno. Até ao final de fevereiro, serão reabertas as lojas de Los Palos e Maliana e, até ao segundo semestre de 2013, serão remodeladas as restantes lojas dos distritos de Aileu, Ainaro, Liquiçá, Oecusse, Same, Suai e Viqueque. No total, a TT apresenta uma rede de distribuição com 18 lojas (seis e Díli e doze nas restantes capitais de distrito), marcando presença em todo o território mapa de
Timor-Leste.  

De recordar que a TT, para comemorar os seus dez anos de atividade, lançou uma campanha de carregamentos com prémios aliciantes, no âmbito da qual foram recentemente sorteadas motas entre os clientes com carregamentos superiores a 1USD, tendo na última fase da campanha sido atribuído um carro. Também a assinalar o 10.º aniversário, a TT associou-se à área da música e promoveu aquele que ficará conhecido como o primeiro festival de música da TT, o TT TOKE Rock, onde marcaram presença várias bandas locais, mostrando que a Timor Telecom apoia e promove e divulgação da música e cultura timorense.

Operador de Telecomunicações de Rede Fixa e Móvel de Timor-Leste já com dez anos de história, a TT acompanha desde o primeiro momento da sua fundação em 2002 todos os timorenses, adaptando a tecnologia como meio facilitador à vida dos seus mais de 600 mil clientes e, simultaneamente, promovendo a comunicação como agente incontornável de aproximação e de contacto entre todos os timorenses.
 
A Timor Telecom (TT) celebra o seu décimo aniversário
Sábado, 23 Março 2013 22:54
A Timor Telecom (TT) celebra o seu décimo aniversário

TT lança iniciativas inovadoras para os seus clientes


10 Anos de História

A operadora de Telecomunicações de Rede Fixa e Móvel de Timor-Leste surge praticamente de raiz depois de quase 75% das infra-estruturas terem sido destruídas em Setembro de 1999, após o anúncio dos resultados da Consulta Popular que deu legitimidade à vontade do povo Timorense para se tornar um povo livre num país independente. Em 2001, ainda sob a égide da UNTAET (administração das Nações Unidas), é lançado um concurso público internacional para a construção de um sistema de Telecomunicações para Timor-Leste em regime BOT (Build, Operate, Transfer). Em Julho de 2002, o consórcio Timor Telecom (promovido pela Portugal Telecom) vence o concurso, sendo assinado o respetivo Contrato de Concessão entre a Timor Telecom e o Estado da República Democrática de Timor- Leste. A 17 de Outubro o consórcio Timor Telecom transforma-se oficialmente em Timor Telecom, S.A. – primeira sociedade anónima a ser constituída no país. Em 1 de Março de 2003, a Timor Telecom inicia as operações (Díli, Lospalos, Baucau e Oecusse).

Passados 10 anos, a Timor Telecom é uma empresa sólida e dinâmica que já ultrapassou vários desafios e que desde sempre acompanhou o povo timorense no seu percurso desde a Restauração da Independência.

Muitos foram os acontecimentos que marcaram a história da Timor Telecom. Num breve resumo podem-se enumerar os 10 principais acontecimentos cronológicos que consolidaram o caminho da TT para um futuro próspero e a vontade de fazer mais e melhor.

Marcos históricos
  • A 17 de Outubro de 2002, após a assinatura do Contracto de Concessão entre o Estado da RDTL e a Timor Telecom celebrado em Julho de 2002, nasce a Timor Telecom como a primeira sociedade anónima e operadora das Telecomunicações em Timor-Leste.
  • A 1 de Março de 2003, a TT começa a operar em Timor-Leste com a sua primeira rede própria e indicativo do país (+670).
  • Em 2004, foi inaugurada a rede de telecomunicações na ilha de Ataúro.
  • 2005 - Abertura das lojas em Maliana, Suai e Oecusse.
  • Em 2006 cerca de 50 mil clientes já tinham acesso ao serviço móvel. Surge também a primeira lista telefónica do país.
  • Em 2007 é lançado o serviço voice mail e a publicação das Páginas Amarelas de TL.
  • Em 2008, a TT atingiu os 125 mil clientes da rede móvel e surge, no final do ano, o primeiro cartão de recarga de $1USD.
  • Em 2009 é lançado o serviço internet banda larga Net Bot e surge o novo comutador e a plataforma de rede inteligente ao serviço das telecomunicações em Timor-Leste.
  • 2010 foi marcado pelo lançamento do novo logotipo (Toke), o lançamento do portal SAPO TL e ainda o surgimento da rede de fibra ótica na cidade de Dili.
  • Em 2011 entra em serviço o centésimo site ou BTS do serviço da rede móvel.
  • 2012 assinado o acordo entre o Estado de Timor-Leste e a Timor Telecom para a cessação antecipada do contrato de concessão celebrado em 2002.


O investimento na sociedade de informação em TL:

Desde o seu nascimento, a TT já investiu cerca de 103 milhões USD para o desenvolvimento das infra-estruturas de telecomunicações, tendo demonstrado ao longo destes 10 anos que está na vanguarda das tecnologias, adaptando-as às necessidades dos seus clientes. Todo este esforço reflete-se quantitativamente, através dos seguintes números:
  • Número de clientes – 632.500 de rede móvel e internet
  • Cobertura da população – cerca de 92% com cobertura de rede móvel e internet
  • Número de sites a operar em 2G e 3G – 139 (2G) e 64 (3G)
  • CCI's (Centro Comunitários de Internet) – 29 já instalados em parceria com as Instituições Religiosas, empreendedores nacionais, Conselho Nacional da Juventude de Timor-Leste.
  • Para além dos CCIs, a Timor Telecom, no âmbito da sua política de responsabilidade social, tem patrocinado Internet gratuita em vários organismos tais como a Presidencia da República, a UNTL, UNPAZ, IOB, Departamento da Juventude Católica da Diocese de Dili e Baucau, STAE, CNE, Centro de Formação Profissional S. Pedro Comoro, a Fundação da Visão Juvenil de Timor-Leste e a Fundação Ahisaun e mantém um Protocolo de Cooperação com o Arquivo Museu da Resistência.


Recursos Humanos altamente qualificados:

A Timor Telecom emprega directamente 275 trabalhadores afetos à empresa e, indirectamente, mais de 1000 pessoas como prestadores de serviços nas áreas de segurança, de distribuição e de agentes autorizados. Há uma grande aposta na juventude: a idade média dos colaboradores diretos é de 35 anos. Mais de 69% dos trabalhadores da Timor Telecom têm uma formação académica de nível superior. No que concerne à remuneração dos trabalhadores, a TT oferece condições de carreira únicas em Timor-Leste, sendo considerada um dos empregadores de referência no país, com uma forte aposta na formação técnica especializada dos seus colaboradores e um pacote de regalias sociais exemplar em Timor-Leste.


O compromisso com a sociedade de TL:

A Timor Telecom é uma empresa comprometida com o desenvolvimento da sociedade nas suas várias dimensões. Como tal, a Timor Telecom tem apoiado diversas iniciativas, tais como a publicação de livros de autores timorenses ou sobre Timor-Leste, atividades artísticas e culturais, atividades desportivas, atividades de carácter social e humanitário, nomeadamente o Tour de Timor, Festival Ramelau, Pesca Internacional de Ataúro e Com, Maratona Dili Cidade da Paz, entre outras.


Timor Telecom é um dos maiores contribuintes fiscais do país:

Desde o início da sua atividade a Timor Telecom, só em impostos, já contribuiu para que o Estado da RDTL tenha arrecadado cerca de 45 milhões de USD em impostos. Estes valores não incluem as quantias entregues ao Estado, a título de dividendos, resultantes da sua participação como acionista da Timor Telecom.


Com um olhar no futuro:

Ao celebrar 10 anos de história, a Timor Telecom tem os olhos postos no futuro, na constante renovação da empresa e na inovação tecnológica, para melhor servir os seus clientes. Assim, no âmbito das comemorações do décimo aniversário da TT, irão ser lançadas uma série de iniciativas com o objetivo de oferecer produtos e serviços que vão de encontro às necessidades dos clientes:
  • Acção Social de entrega de computadores
  • Abertura de novas lojas
  • Lançamento de um tarifário para a família
  • Lançamento de um tarifário para os jovens
  • Preços de voz nacional ainda mais competitivos
  • Lançamento de condições especiais para as empresas
  • Lançamento de novos serviços inovadores
  • Novos tarifários de Banda Larga
  • Equipamentos terminais para todos
  • Campanha especial nos 10 anos da TT com prémios aliciantes

 
Mais de sete mil correram pela paz na II Maratona de Díli
Segunda, 27 Junho 2011 20:10
Mais de sete mil correram pela paz na II Maratona de Díli

Mais de sete mil atletas participaram na II Maratona de Díli, que juntou atletas, políticos, diplomatas e gente anónima numa festa desportiva, promovida pelo Presidente da República, para afirmar a paz e a estabilidade.

Com o alto patrocínio da Timor Telecom, a segunda edição da Maratona de Díli/Cidade da Paz foi ganha, na classe de masculinos, pelo queniano Sammy Kiptoo, com o tempo de duas horas, 20 minutos e seis segundos, batendo o recorde do seu compatriota Philimon Rotich, que concluiu a primeira edição da prova com o tempo de duas horas, 34 minutos e 57 segundos.

Sammy Kiptoo disse estar satisfeito com o seu desempenho, numa prova que considerou "muito difícil" devido às elevadas temperaturas e ao declive de algumas zonas do percurso.

Igualmente satisfeito esteve Augusto Ramos Soares, o melhor timorense em prova, que obteve o seu melhor tempo pessoal com 2h31:54, cortando a meta logo a seguir a Kiptoo.

"Correu-me bem. Senti-me bem durante a corrida e fiquei satisfeito com o meu ritmo", disse Augusto Soares que vai ser um dos quatro atletas timorenses escolhidos para ir aos Estados Unidos em novembro, participar na "New York City Marathon".

Os outros são Juventina Gonçalves, a melhor na categoria de senhoras que defendeu o título conquistado no ano passado, Calisto da Costa (terceiro classificado este ano com o tempo de 2:34:54) e Lola Gama (3h10:47), pelo que a maratona de Díli serviu de preparação aos quatro atletas, que esperam igualmente vir a poder representar o País nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Veja as fotos do manto azul que cobriu a manhã de Sábado na cidade de Dili.




 
PT pede ao Governo timorense que sensibilize a Indonésia para o cabo submarino
Quinta, 07 Abril 2011 23:24
PT pede ao Governo timorense que sensibilize a Indonésia para o cabo submarino

O presidente executivo da PT, Zeinal Bava, apelou ao envolvimento do Governo timorense nos esforços junto da Indonésia para dotar o país de ligação a um cabo submarino, para permitir Internet mais rápida e barata.

"Pedimos que haja uma conjugação de esforços mais alargada, não só da Portugal Telecom [PT] e da Timor Telecom, mas que haja também apoio a nível governamental, porque é um imperativo estratégico para Timor", declarou.

Zeinal Bava, que se deslocou a Díli para assinalar os 500 mil clientes atingidos pela Timor Telecom na rede móvel, salientou que a empresa participada pela PT "é em mais de 50 por cento de interesse económico timorense" e que todos os compromissos que assumiu na visita que fez em 2009 com as autoridades de Timor-Leste foram concretizados.

"Quando pensamos a nível da TT é preciso ter presente que é uma empresa que é também dos timorenses.

Além da participação direta do Estado de Timor-Leste e de empresários locais, também existe uma participação indireta da Fundação São José (Diocese de Baucau). Por isso é que o sucesso da TT deve-se ao contributo do projeto operacional que a PT fez, mas também ao investimento timorense.

Conforme explicou aos jornalistas, o aumento de débito, a melhoria da qualidade de serviço e a redução de preços do acesso à Internet, essencial para massificar a sociedade da informação em Timor-Leste, depende das comunicações não ficarem limitadas ao satélite e de contarem no futuro com o cabo submarino.
 
Portugueses venceram em todas as categorias do RunBike Díli
Quinta, 03 Fevereiro 2011 03:19

Os portugueses foram hoje os melhores em todas as categorias na prova "RunBike Díli, que se disputou sob calor e humidade intensos no relevo acentuado de Timor-Leste.

Nelson Silva foi o vencedor destacado da montanha (prémio Timor Telecom), conseguindo com isso ficar em primeiro lugar na classificação individual, logo seguido pelo também português Carlos Cardoso. Jacinto Costa foi, entre os timorenses, o melhor em prova, classificando-se em terceiro lugar na geral individual.

Em senhoras, a igualmente portuguesa Mónica Vieira foi a vencedora, ficando em segundo lugar Krista Harsias, da Nova Zelândia, e Mirth Hiemitra, de nacionalidade norte-americana, na terceira posição.

Por equipas, o conjunto que representou a GNR foi o que somou mais pontos, seguido da equipa das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL).

Ao todo concorreram 140 atletas de 12 nacionalidades, que percorreram cerca de 19 quilómetros em bicicleta, quase todos em percurso montanhoso com declives acentuados, calor e bastante humidade, e pouco mais de oito quilómetros em corrida a pé, já à beira mar.

Nelson Silva estava satisfeito no final : "gostei da prova, apesar das dificuldades logo na primeira etapa".






 
Zeinal Bava garante a PR e primeiro-ministro timorenses mais investimento no país
Terça, 14 Dezembro 2010 02:31

O presidente executivo da PT, Zeinal Bava, encontrou-se no passado dia 29 de Novembro com o Presidente e o primeiro-ministro de Timor-Leste para assegurar que a Timor Telecom (TT) vai investir para dotar o país de telecomunicações de referência na região.

"Vim sobretudo reafirmar o compromisso da Timor Telecom, e da Portugal Telecom como acionista estratégico, de que nós vamos continuar a investir, para habilitar Timor com uma infraestrutura de telecomunicações das mais competitivas na região", disse à Lusa Zeinal Bava, no final da audiência com o Presidente da República.

Segundo o presidente executivo, a viagem a Timor-Leste vem também "confirmar a evolução e o progresso que a Timor Telecom tem feito. A TT tem investido muito neste mercado", cerca de 29 por cento das receitas.

"Aumentámos significativamente a cobertura móvel 2G e 86 por cento da população timorense já tem acesso ao telemóvel, com multiplicidade de tarifas". disse.

Considerando a Timor Telecom "um ativo estratégico", Zeinal Bava recordou que, não obstante a economia timorense estar a melhorar, "quando Timor precisou que os investimentos fossem feitos foi a PT e o grupo de parceiros locais que tomou a iniciativa e assumiu os riscos, num momento em que outras empresas não consideravam o mercado interessante e atrativo".

A Timor Telecom "é um excelente exemplo de uma parceria com investidores locais. A PT tem uma participação significativa nesta parceria, sendo a empresa que aporta a gestão em telecomunicações, mas essa gestão está assente numa aposta clara que fizemos em recursos timorenses. A maior parte dos nossos quadros são locais e estamos comprometidos na sua formação para que a prazo as chefias sejam lideradas por pessoas de Timor", disse.

Segundo a informação prestada aos jornalistas, até ao fim deste ano, 7,5 por cento da população timorense já terá acesso à internet (cerca de 80 mil utilizadores), sendo objetivo para 2011 dobrar essa percentagem.

"No final de 2011 em estimativa conservadora de 15 por cento da população, Timor-Leste será um dos países de maior penetração na região, quando comparado com os 13,5 das Ilhas Fiji ou os 8,7 por cento da Indonésia, o que é muito importante porque a internet abre as portas do conhecimento e irá aumentar o grau de educação e formação das pessoas", sublinhou.

Em setembro foi lançado o portal www.sapo.tl, pela primeira vez em versão bilingue (tétum e português), "para promover a utilização da internet e dinamizar a banda larga com conteúdos multimédia locais, ajudando também a promover a consolidação da língua portuguesa, enquanto língua nacional em Timor Leste".

Na área móvel, 40 por cento da população utiliza os serviços fornecidos pela Timor Telecom, (33 por cento em 2009), esperando a empresa chegar até ao fim do ano aos 470 mil clientes e atingir a cobertura em todas as 13 capitais de distrito, correspondendo a 86 por cento da população.
 
Empresa do grupo PT ganha negócio superior a um milhão de euros para rede de voz, dados e vídeo
Sexta, 26 Novembro 2010 21:03

A Timor Telecom (TT) ganhou o concurso do programa nacional de conectividade de Timor-Leste (NCP), um negócio superior a um milhão de euros, que ligará os serviços públicos à internet nos vários distritos, anunciou hoje a empresa.


A proposta da TT, empresa participada pela Portugal Telecom, no valor de 1.699.000 dólares (cerca de 1.243.570 euros), foi a mais baixa e reconhecida como a de melhores soluções técnicas, no concurso relativo à segunda fase do NCPII.

O respetivo acordo entre o administrador-delegado, Luís Capitão Amaro, e o ministro das Infra-estruturas, Pedro Lay, foi assinado dia 16, segundo divulgou a empresa, que conta ter o serviço ativo em janeiro de 2011.

O concurso do primeiro programa NCP (de "National Connectivity Project), a que a TT havia igualmente concorrido, em disputa com a DataBridge e a Telkom Indonésia, havia sido adjudicado à empresa indonésia de telecomunicações.

Para ampliar a cobertura dos distritos e melhorar o sistema, o Governo timorense lançou um segundo NCP, dividido em duas fases, ambas ganhas pela Timor Telecom.

Em resultado do novo concurso, que prevê a criação de uma rede convergente de dados, voz e serviços de vídeo do Governo, para todas as capitais de distrito, a Timor Telecom passa a assegurar o acesso e ligação de Internet, substituindo a indonésia Telkom.

A proposta da operadora de telecomunicações do grupo PT, além de substituir o serviço nos distritos abrangidos no NCPI, contempla a extensão da rede aos distritos de Lautem (Lospalos), Viqueque, Manatuto, Aileu, Same, Ainaro e Suai, bem como a disponibilização de novos serviços internet e intranet.

Com o NCP, o Governo de Timor-Leste pretende criar uma rede especial que permita a ligação entre serviços governamentais, departamentos e escolas, em todos os distritos.

A implementação do NCPII envolve a aquisição e instalação de hardware e software, conectividade backbone da Internet a nível nacional (NIBC), distribuição de rede a nível distrital (DLDN) e acordo ao nível de serviços (SLA).

 
Assinatura da Adenda ao Protocolo firmado em 1 de Agosto de 2009 entre o STAE e a Timor Telecom
Sexta, 26 Novembro 2010 20:58

No dia 28 de Outubro de 2010, o Senhor Tomás Cabral, Director do STAE, reuniu-se com o Senhor Administrador Delegado da Timor Telecom, Eng.º Manuel Capitão Amaro e o seu assessor de comunicação e de relações públicas Sr. Manuel Cárceres da Costa, nas instalações da Timor Telecom, a fim de procederem à assinatura da adenda ao protocolo de cooperação assinado em 1 de Agosto de 2009.


A adenda prevê o reforço do apoio ao nível das telecomunicações, manifestado pela Timor Telecom ao STAE desde a eleição das lideranças comunitárias, ocorrida a 9 de Outubro de 2009.

Na cerimónia de assinatura da adenda, o administrador delegado da Timor Telecom realçou que o STAE pode contar com o permanente apoio da Timor Telecom. Referiu, inclusive, que “a Timor Telecom espera dar boas expectativas ao país e ao Governo timorense”.

O Director Tomás Cabral salientou a importância da colaboração entre o STAE e a Timor Telecom, destacando que o STAE espera contar com o apoio da Timor Telecom na preparação e realização daseleições gerais que ocorrerão em Timor-Leste, em 2012.

O reforço da cooperação entre estas duas instituições, muito em particular no que respeita às linhas de acesso à internet no STAE nacional e nos distritos, permitirá o acesso dos partidos políticos e do público em geral às informações veiculadas pelo STAE.

Deste encontro resultou a garantia manifestada pelo administrador delegado da Timor Telecom de que esta empresa nacional está preparada para dar todo o apoio necessário às eleições gerais de 2012.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Seguinte > Final >>

Pág. 3 de 7